#CURTAMARISOL

Hora de acampar!

Criança e aventura são quase sinônimos, não é? Então, nessas férias de verão que tal propor um acampamento com a garotada? Uma noite perto da natureza, com uma turma de amigos, o céu estrelado como vista e muitas histórias ao redor da fogueira promete ser inesquecível. Veja aqui o que não pode faltar na mala do aventureiro Marisol:

acampamento

1) Para dormir: acampamento com barraca é uma diversão. Leve colchão, roupa de cama e isolante térmico. Um edredom também ajuda se a temperatura cair à noite. Tem gente que prefere um saco de dormir.

2) Para cozinhar: trempe, aquele arco de ferro com fogareiro, é uma mão na roda para cozinhar ao ar livre, mas se a ideia for comer em restaurantes, fique mesmo só com o kit de lanches, prefira frutas com cascas que duram mais e não esquece de levar garrafa térmica, geleira, jarras elétricas, canecas, talheres, pratos, álcool e isqueiro. Além de pano de prato e guardanapos, mesa e banquinhos.

3) Para se distrair: alô, alô, cantores e músicos da turma. Nada melhor do que um acampamento para um amigo sacar o violão, a gaita ou a percussão e soltar a voz. A cantoria em conjunto garante muita diversão e parceria. Baralho, bolas e jogos de tabuleiro também são uma recreação e tanto. Nesse quesito, entra o celular, mas não para ficar vidrado nos joguinhos e sim para fotografar e filmar toda a bagunça. Ah: mas lembre de levar o carregador de bateria.

4) Para se precaver: sol em excesso, mosquitos e imprevistos em geral fazem parte de uma aventura como essa, então não esqueça o protetor solar, o repelente, o guarda-sol, lanternas, canivete suíço, pilhas extras, bico de luz, extensão, carregadores de bateria, lonas, cordas e cadeados e um kit completo de higiene para a garotada, com papel higiênico, lenço umedecido, escovas e creme dental, entre outros.

5) Para manter tudo limpo: panos de chão, sacos de lixo, esponja, detergente, enfim, nada de deixar rastro. Acampar é uma ótima oportunidade de convocar as crianças para se responsabilizar pela manutenção do espaço de convivência.

Foto: Fil Giuratti



Posts Relacionados


Desperte os sentidos no Jardim das Sensações

No meio da cidade, dentro do Jardim Botânico de Curitiba, um passeio pelo Jardim das Sensações desperta os sentidos das crianças, enriquece memórias e ensina o respeito ao meio ambiente.

Veja mais

Trilha sonora pra pegar a estrada nas férias

Pela estrada afora: uma trilha sonora pra encarar a viagem de férias com as crianças.

Veja mais

Seis programas imperdíveis em Buenos Aires

Na Terra da Mafalda: a jornalista Milena Fischer mostra o que a capital portenha tem de melhor pra roteiros com crianças.

Veja mais


x

Dados da Mãe

Dados da Criança