#CURTAMARISOL

6 ideias para expor os desenhos das crianças

01sucat

Você já pensou que o desenho do seu filho pode ganhar status de obra de arte? Onde? Na sua própria casa. A nossa querida oficineira Tati Suarez, do T de Tati, é uma entusiasta dessa ideia e, na parede da sala de estar, os traços das filhas Valentina, 9 anos, e Cora, 5, têm lugar de destaque em meio às peças garimpadas em viagem, como uma máscara comprada em Buenos Aires, uma carranca de Punta del Diablo, no Uruguai, uma holografia adquirida em um antiquário e uma réplica de Van Gogh, entre outras tantos achados.

– Adoramos a nossa parede! Ela é um orgulho para as meninas, que adoram contar como pensaram as obras realizadas. Na foto, podemos forçar um sorriso e ninguém saberá ao certo como estávamos naquele momento. Já em uma obra, pelo traço, pelas cores, pela força e pelo espaço atribuído, podemos nos revelar mais. São memórias que ficam para sempre. Memórias da época, do lugar do traço e do sentimento. São como perfumes que nos enchem de lembranças – conta Tati.

25passomasc(1)

Além de tirar os desenhos das crianças das gavetas, pastas e estantes e colocá-los em evidência, a ideia também confere um up na decoração. E uma decoração que pode ser conduzida aos pouquinhos, contando parte da história da infância. O site de Marisol selecionou alguma ideias criativas de expor os traços das crianças pela casa para você se inspirar.

Espalhe essa ideia!

1 – Arte emoldurada: separe molduras cheias de estilo e bingo. O desenho do seu filho vai parar na parede com pompa e circunstância. Como a atividade dos artistas é abundante, dispense o vidro da moldura e permita que eles troquem os desenhos sempre que quiserem.

molduras + desenhos dentro

2 – Molduras que já são a própria obra de arte: fitas adesivas a postos ou mesmo pincel e tinta e um pouco de habilidade permitem que você mesmo crie uma moldura divertida para as obras das crianças. Não fica uma graça?

molduras com fita ou tinta

3 – Pendure para exibir: mais fácil que isso impossível. Despojada, a exposição no varal é perfeita para contracenar com o mundo lúdico das crianças.

Varal

4 – Do guarda-roupas para a galeria: prego na parede e cabide são outro jeito gracioso de expor os desenhos infantis. Na cabeceira do quarto do casal, compõem um lindo relicário de lembranças dos filhos.

cabides

5 – Na roupa de cama: a The Mammy´s Market levou para a fronha os desenhos das crianças. Basta escolher a obra preferida e carregar o arquivo para o site da loja, que trata de levá-lo para a roupa de cama.

Roupa de Cama

6 – Bem perto do coração: uma ideia original é transferir as garatujas das crianças para as almofadas. E dá para fazer isso usando tecidos estampados na composição das formas ou mesmo convidando a criança para desenhar numa base de tecido de algodão cru. A Bololofos também criou outro destino fofo para os desenhos. Transforma o traços em bichinhos de pelúcia para as crianças brincarem com seres que fazem parte do seu mundo de faz de contas. Legal, né?

almofada e bichinho de pelucia

 

 

 

 



Posts Relacionados


Faça você mesmo a árvore de Natal

Quer criar a própria árvore de Natal com as crianças. Com galhos, enfeites e muita criatividade, a decoração vai ficar bem original. Vem ver!

Veja mais

Joga as tranças, Rapunzel!

Um acessório que é uma fantasia: aprenda a fazer uma tiara com tranças da Rapunzel para deixar a brincadeira com cara de conto de fadas.

Veja mais

Dê um up no sorvete neste verão

Sorvete com cara de festa: a sobremesa preferida do verão ganha confeitos deliciosos e uma decoração para celebrar os dias de calor.

Veja mais


x

Dados da Mãe

Dados da Criança